Política Estadual de Proteção à Fauna Nativa - SISFAUNA

O estabelecimento de uma política estadual voltada especialmente proteção de fauna silvestre foi, nos últimos anos, um tema bastante discutido pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

As atividades desencadeadas pelo Instituto têm se baseado em diferentes níveis de atuação, utilizando-se de diversas estratégias para a proteção da fauna no Estado. Uma das formas de efetivação das ações do IAP foi a elaboração e implantação da Política Estadual de Proteção à Fauna Nativa e de seus mecanismos de execução, voltados especificamente ao manejo e a conservação da fauna silvestre nativa.

Para que a Política fosse bem planejada e estruturada, houve um grande esforço do IAP em não restringi-la ao setor governamental, mas sim de empreender um processo participativo, onde a comunidade científica e representantes da sociedade civil pudessem contribuir ativamente.

Como resultado de todo um trabalho de compilação de informações e inúmeras discussões com grupos de trabalhos criados, a Política foi instituída pelo Governo do Estado, mediante assinatura do Decreto Estadual n° 3.148 de 15/06/04, que estabeleceu os princípios, alvos, objetivos e mecanismos de execução da mesma, criando o Sistema Estadual de Proteção à Fauna Nativa - SISFAUNA, o Conselho Estadual de Proteção à Fauna - CONFAUNA e a Rede Estadual de Proteção à Fauna Nativa - Rede PRÓ-FAUNA, além de atualizar a lista de espécies da fauna ameaçada de extinção no Paraná.

Política Estadual de Proteção à Fauna Nativa DECRETO Nº 3148 - 15/06/2004
Anexo I.     Anexo II.     Anexo III.

Estrutura do SISFAUNA



*(Créditos das fotos: Gisley Paula Vidolin)

Recomendar esta página via e-mail: